Vender pelo Whatsapp: o que NÃO pode ser comercializado pelo app?

Quais os tipos de produtos que as empresas NÃO podem vender pelo WhatsApp segundo a política comercial do aplicativo? Clique e confira!

O isolamento social causado pelo coronavírus manteve pessoas em casa e empresas tiveram que adaptar seus negócios ao home office. A transformação digital tornou-se uma obrigação e organizações que ainda mantinham seus processos de forma off-line tiveram de buscar alternativas para continuar de portas abertas. E o criar processos para vender pelo WhatsApp foi uma das escolhas mais populares.

O Whatsapp notou um aumento de 148% desde o início de fevereiro, tornando-se a principal escolha entre os clientes em comparação aos demais canais de atendimento. E, ainda segundo a mesma fonte, esta grande procura pelo aplicativo de conversação deve se manter mesmo após a pandemia. 

Mas nem tudo é tão simples quanto parece. Apesar de o WhatsApp ser um dos melhores canais para fechamento de vendas e atendimento ao cliente, existe uma relação de produtos que podem e que não podem vender pelo WhatsApp. 

A seguir, vamos listar quais produtos são estes e mostrar outras alternativas tão eficientes quanto o WhatsApp. Continue a leitura!

O que é permitido vender pelo Whatsapp?

Como dissemos acima, o Whatsapp é o canal de atendimento mais usado no mundo. Contudo, para que a comercialização de produtos seja eficiente e simples, é necessário seguir à risca a Política Comercial do aplicativo. Confira o que pode e o que não pode ser vendido pelo WhastApp: 

  • Drogas recreativas, artigos de tabacaria e bebidas alcoólicas – A comercialização destes itens está estritamente proibida, com exceção da venda de vestuário com logotipos de marcas de tabaco ou produtos relacionados à bebida alcoólica, como taças, refrigeradores, entre outros.
  • Armas, munição e explosivos – Qualquer promoção ou venda destes produtos é proibida, porém, é permitido promover treinamentos de segurança ou licenças para armas legalizadas.
  • Animais – A comercialização de produtos para animais, como ração, gaiolas, serviços veterinários ou de pet shop é permitida. Contudo, a venda de animais vivos ou produtos advindos de animais, como couro, lã e marfim são proibidos.
  • Produtos ou serviços para público adulto – A venda de brinquedos ou imagens com intuito sexual é proibida, no entanto, é permitido vender produtos que promovam planejamento familiar e contraceptivos.
  • Partes e fluidos corporais – Quaisquer tipos de comercialização de partes e fluidos corporais é proibida.     
  • Produtos médicos e de saúde – É permitida apenas a venda de acessórios de ginástica e de bem-estar, todos os outros são proibidos.
  • Serviços de apostas envolvendo dinheiro real assim como moeda falsa ou virtual – A promoção de jogos de azar e demais serviços como cassino on-line ou bingo é proibida, assim como a venda de moeda falsa, virtual ou real.
  • Produtos ou itens que facilitem ou incentivem o acesso não autorizado a mídias digitais – Neste caso, a única comercialização permitida é a de equipamentos adicionais para dispositivos de streaming, como teclados e controles remotos.
  • Serviços digitais e de assinatura – Segundo a política comercial do WhatsApp, “empresas não podem vender nem promover a venda, inclusive renovações, upgrades, entre outros, de conteúdo, assinaturas ou contas digitais”. No entanto, é permitida a venda de DVDs e Blu-Rays autênticos e quaisquer dispositivos digitais.
  • Todo e qualquer modelo de negócio enganoso, falso, ilusório ou ofensivo é proibido. Assim como qualquer tipo de transação que infrinja ou viole os direitos de propriedade intelectual de terceiros, incluindo direitos autorais ou marcas comerciais. 

Dá para notar que o WhatsApp proíbe apenas a comercialização de produtos ou  serviços muito específicos e ilícitos que também seriam proibidos por muitos outros meios. Porém, mesmo sendo uma alternativa popular de promoção e venda, existem outras opções muito mais eficientes e que podem ser uma ótima escolha para sua empresa. Vamos citar duas delas a seguir.

Como tornar a estratégia de vendas on-line mais eficaz?

Com o uso do aplicativo WhatsApp para comercialização de produtos e serviços se tornando mais popular a cada dia, os executivos por trás da marca decidiram criar duas alternativas específicas para a estratégia de vendas: Whatsapp Business e Whatsapp Business API.

As duas ferramentas foram desenvolvidas para auxiliar empresas a facilitar e agilizar a comunicação com os clientes. O Whatsapp Business possui algumas funções úteis para micro e pequenas empresas como mensagens automáticas, catálogo de produtos e serviços e etiquetas para organizar a lista de contatos. 

Já o Whatsapp Business API tem um foco voltado às empresas de médio e grande porte e pode ser integrado aos demais sistemas em uso, como chatbots, software de gestão, entre outros. As vantagens desta ferramenta são mais amplas e incluem relatórios, atendimento híbrido entre humanos e robôs e até mesmo Whatsapp Marketing.

A Zenvia é a provedora oficial do Whatsapp e pode ajudar a sua empresa a construir comunicações eficientes, escaláveis e automatizadas e alcançar ainda mais clientes. Escolhendo a Zenvia como parceira, você define todo o projeto de uso do Whatsapp Business API e aguarda que os consultores da empresa cuidem das configurações necessárias para garantir as aprovações oficiais do WhatsApp. Depois disso é só se conectar aos seus clientes!

Categorias:
Escrito por

Zenvia

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.