[Partners] 6 maneiras de fazer redução de custos operacionais na empresa

A redução de custos operacionais é uma obsessão da maioria das empresas. Conheça algumas maneiras de reduzir esses custos com tecnologia.

Toda empresa precisa equilibrar as contas para continuar funcionando e investindo sem, com isso, diminuir a qualidade das suas entregas. Promover a redução de custos operacionais, portanto, é um desafio constante cuja superação sempre foi apoiada em tecnologia: basta lembrarmos do uso de máquinas em linhas de produção, como os braços robóticos da indústria automobilística.

Na era da informação, ter tecnologias de comunicação é fundamental para empresas de todos os portes e que desejam se manter competitivas, assim como encontrar estratégias adequadas para crescimento saudável. A boa notícia é que essas soluções são acessíveis e trazem resultados concretos. Quer saber como? Então, continue a leitura deste post!

1. Utilize a nuvem

A cloud computing já é bastante popular: serviços como DropBox e Google Drive popularizaram a ideia de armazenar e enviar arquivos via nuvem, ou seja, com a utilização de um servidor remoto. A verdade é que soluções de nuvem também são importantes no mundo corporativo, principalmente porque diminuem os custos com investimentos em servidores físicos próprios.

A nuvem, no entanto, é mais do que um grande armazém de dados. Soluções complexas podem ser utilizadas remotamente, como aplicativos e softwares de gestão empresarial. Assim, a cloud dá mobilidade aos gestores e diminui a necessidade de investimentos diretos em infraestrutura tecnológica: de acordo com uma pesquisa da Internet Data Center (IDC), 77% das empresas que adotaram tecnologias baseadas em nuvem conseguiram reduzir custos operacionais.

2. Automatize o marketing

A automação de marketing é, na verdade, uma estratégia complexa que exige o uso de diferentes tecnologias e técnicas que visam o aumento de vendas. Ela é fortemente baseada na coleta e análise de dados, bem como na automatização de alguns processos repetitivos.

A automação começa com a análise de dados de interação da empresa com clientes e leads nos canais de comunicação adotados. Isso servirá como subsídio para a tomada de ações estratégicas que podem ser automatizadas, como uma campanha via e-mail marketing.

Por fim, os índices da ação podem ser analisados, possibilitando a identificação do que deu certo ou não na estratégia e servindo de base para o novo ciclo de atuação do marketing. Essa continuidade é o que permite um crescimento em escala, ou seja, a cada novo ciclo, a possibilidade de resultados positivos aumenta.

3. Aposte em chatbots

Graças à popularização da internet, clientes e empresas estão em constante diálogo. Para dar conta do volume de interações, uma boa ideia é apostar em atendimento automatizado com chatbots no centro da sua estratégia.

Chatbots são programas de computador capazes de interagir com usuários de forma autônoma, respondendo perguntas, apontando soluções ou dando alertas e dicas. De acordo com uma pesquisa realizada pela Mindbowser e Chatbot Journal, 67% dos entrevistados acreditam que, em 5 anos, o uso de chatbots será maior que o de aplicativos.

Os bots diminuem a necessidade de enormes equipes de atendimento, sendo capazes de resolver questões simples e mecânicas de forma autônoma. Além disso, melhoram a experiência dos usuários e ainda ajudam a empresa a coletar dados de interação que servem de base para um planejamento estratégico de relacionamento com clientes e leads.

De maneira geral, eles podem ser usados em diversas frentes de comunicação da empresa, sendo passíveis de adoção em canais como SMS, WhatsApp, Voz e até mesmo em algumas redes sociais. Tudo isso sem contar o apoio que podem oferecer quando usados no sistema de gestão da empresa.

4. Invista em parcerias para ter redução de custos operacionais

Outra forma de fazer redução de custos operacionais é procurar por parcerias. E por que isso reduz custos? Bom, primeiramente porque ao fazer uma parceria, as empresas passam a unir suas expertises em prol da solução de uma dor em comum. 

Dessa forma, uma economiza o tempo e pessoal para desenvolver uma solução que a outra já tem e vice-versa. Por exemplo, empresas de tecnologia que estabelecem um acordo do tipo Aliança Estratégica podem fazer, em conjunto, a integração de suas soluções. 

Além da redução de custos operacionais, tem-se também diminuição dos gastos com aquisição de leads, já que o compartilhamento deles pode ser um dos fatores envolvidos na parceria. 

Ainda, softwares mais robustos são capazes de melhorar a experiência do cliente, atendendo a outras dores que ele possa apresentar. Assim, são necessárias menos ações no sentido de retê-lo.

5. Tenha múltiplos canais de vendas

Ter múltiplos canais de vendas pode ser uma forma de reduzir os custos. Isso se explica pelo fato de que cada canal tem um nível de investimento e esforço mínimos e, dessa maneira, a multiplicidade permite variá-los.

Um exemplo aqui é contar com a tradicional venda direta (seja inbound ou outbound), mas também com canais indiretos. Por exemplo, ter revendedores de seus produtos, soluções ou softwares de maneira torna possível ter ainda maior alcance no mercado, conquistando ainda mais clientes.

6. Conte com um bom sistema de gestão

Foi-se a época em que as planilhas resolviam todos os problemas das empresas. Em alguns casos, a depender da quantidade delas, podem até mesmo criar outros, gerando confusão nas informações. Tudo isso sem contar o fato de que, feitas manualmente, têm maiores chances de erros humanos.

Nesse sentido, contar com um bom sistema de gestão, diferentemente do que possa parecer, é, sim, fazer redução de custos operacionais. Isso porque além de otimizar o trabalho, o sistema permite ter total controle administrativo do negócio. Dessa forma, se torna mais fácil identificar gargalos e corrigir erros que possam gerar desperdícios.

Portanto, ferramentas de comunicação inteligente, estratégias adequadas, tecnologias robustas e parcerias podem ser ótimas maneiras de promover a redução de custos operacionais na empresa.

E não só isso. Essas são ações capazes de aumentar a produtividade e a eficiência da empresa, melhorando os resultados. Para isso, basta atentar para as dicas dadas neste post e adotar as estratégias mais adequadas para a realidade da organização.

Além de fazer a redução de custos operacionais, é importante ter um crescimento sustentável. Para entender como fazer isso, leia nosso artigo e veja como escalar o seu negócio!

Escrito por

Marcela Melo

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.