blog-herobg.jpg

BLOGZENVIA

Confira nossas dicas e conteúdos
sobre mercado mobile
shh1-511x372.png

Case SHH: SMS ajudando a salvar vidas

Com o envio de SMS para comunicação com seus doadores de sangue, o SHH, atinge hoje um índice de retorno de 15%. Anteriormente, com ligações telefônicas e correio, o número correspondente representava apenas 3%, um aumento de 400%.

Sobre o SHH

Criado há mais de 30 anos, o Serviço de Hematologia e Hemoterapia de São José dos Campos (SHH) é responsável pelo fornecimento de sangue para 33 hospitais e clínicas das cidades de São José dos Campos, Jacareí, Pindamonhangaba e parte de Taubaté. Fruto do trabalho dos médicos Djanete Barbosa de Melo e Cláudio Pessoa de Melo, o SHH é um centro de excelência no atendimento a pacientes com doenças hematológicas e especialista em exames diagnósticos do sangue.

Cenário

A necessidade do SHH é a mesma de todos os bancos de sangue do país: incentivar a doação do sangue, recrutando doadores.  Então, para facilitar a comunicação com os voluntários já recrutados e garantir seu banco de sangue sempre abastecido, o SHH pensou em utilizar o SMS como ferramenta para convocar os doadores.

A problemática inicial era encontrar um fornecedor que atendesse a todos os públicos, independentemente da operadora de telefonia celular que o possível doador utilizasse.

Solução Encontrada

Tudo começou em 2008, quando foi firmada a parceria com a Zenvia – empresa líder em mensagens móveis no Brasil. Desde então, a SHH utiliza a Zenvia  para se comunicar com seus doadores através do SMS. Segundo Paulo Pontes, supervisor do setor de Captação de Doadores, o envio de SMS é feito para quatro finalidades principais: aviso sobre o déficit de estoque de grupos sanguíneos específicos; mensagens para convocar doadores ausentes; mensagens com agradecimento pela doação e cumprimentos nas datas de aniversário dos doadores; e, recentemente, confirmação de consultas médicas no Consultório de Hematologia.

Resultados

Um levantamento feito pelo SHH revelou que 88% dos doadores cadastrados têm telefone celular e apenas 27% tinham o e-mail cadastrado na base de dados da instituição.  Essa estatística comprova a poderosa abrangência que o envio de SMS alcança e explica a assertividade da ferramenta.

O índice de retorno dos doadores que recebem as mensagens chega a 15%. Anteriormente, quando a comunicação era feita via telefone ou correio, o índice ficava em apenas 3%. A eficiência do SMS, aliada à proatividade do SHH, está ajudando a garantir que não falte sangue em hospitais e clínicas da região de São José dos Campos. E tudo isso é proporcionado com o investimento de poucos centavos por mensagem.

Depoimento

É um resultado muito satisfatório; hoje conseguimos baixar o custo operacional, pois antes, com a carta via correio, tínhamos o tempo de colaborador e o custo por correio, que é muito maior. Hoje conseguimos um menor custo e uma maior assertividade e ganho de tempo com o SMS”.

Paulo Pontes - Captação de Doadores SHH

Tags: Saúde SMS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.

New Call-to-action

POSTS MAIS LIDOS