[Partners] Parceria comercial: como escolher e principais erros para evitar

Parcerias comerciais são boas estratégias para obter resultados. Veja os erros mais comuns e saiba como escolher o parceiro ideal.

Fazer uma parceria comercial é uma estratégia criativa e eficiente não só para fazer mais vendas, como também para reduzir custos operacionais, melhorar a eficiência da equipe, atingir públicos diferentes e, é claro, aprender mais.

Existem diversos tipos de parcerias e a escolha pelo mais adequado envolve a análise das necessidades e objetivos das empresas com o fechamento desse acordo. Porém, outro fator digno de atenção é sobre como escolher o parceiro ideal, capaz de auxiliar na entrega de bons resultados.

Neste post, vamos explicar o que é uma parceria comercial, como ela pode ser estabelecida e quais fatores devem ser considerados para escolher o parceiro. Vamos lá?

O que é parceria comercial e por que estabelecê-la

Uma parceria comercial é um acordo estabelecido entre duas empresas em que há uma relação de cooperação visando atingir objetivos em comum. Dessa forma, cada qual envolvida na parceria aloca recursos, pessoas e tempo em prol de uma ação ou projeto conjuntos.

Entre os objetivos motivadores da parceria, normalmente, o principal deles é variar o canal de aquisição de clientes. Ainda, como resultados, têm-se aumento na receita, maior visibilidade de ambas as marcas e menor custo operacional — uma vez que cada uma assume a responsabilidade pelas atividades nas quais têm expertise.

Essa é também uma das estratégias que contribuem para que as empresas ganhem vantagem competitiva perante os concorrentes. Isso porque boas parcerias são capazes de otimizar produtos, melhorar a experiência dos clientes e aumentar sua fidelização.

Erros comuns ao fazer uma parceria comercial

Apesar de, a princípio, ser uma estratégia vantajosa, estabelecer uma parceria comercial requer cuidados para evitar erros comuns, que podem acabar prejudicando o negócio. Conheça a seguir alguns deles.

Não entender as necessidades da empresa

Antes de pensar em fechar qualquer parceria, é necessário, primeiramente, entender quais são as necessidades da empresa. Isso porque a tomada desse tipo de decisão, deve ser estimulada por objetivos evidentes e reais das empresas.

Fechar uma parceria sem ter isso elucidado, pode trazer, em vez de benefícios, prejuízos. Nesses casos, o investimento de recursos pode não se converter em resultados. Por isso, estude e tenha em mente quais são as necessidades que serão sanadas com a parceria para, então, firmá-la.

Não estudar as possibilidades do mercado

Parcerias podem se dar de diversas formas e tipos. Além disso, elas podem acontecer entre empresas do mesmo ramo ou de ramos diferentes. Tudo isso deve ser analisado ao pensar em uma proposta como essa.

Deixar de analisar esse fator ao considerar uma parceria pode trazer como resultado um acordo que requer mais investimento do que se fosse de outro tipo ou com outra empresa. Por isso, entenda as possibilidades de segmentos, tamanhos, tipos e empresas candidatas à parceria para tomar a decisão de maneira acertada.

Ausência de contrato de parceria comercial

Como mencionamos, cada empresa envolvida numa parceria tem seus objetivos e esses devem ser buscados em uma caminhada conjunta. No entanto, quando não se estabelece os papéis e responsabilidades de cada uma delas no acordo, torna-se difícil chegar a um destino comum.

Tendo isso em vista, é fundamental que haja um contrato definindo quais serão as funções de cada organização, como os processos e comissões se darão, entre outros pontos. Fazer isso é uma maneira de evitar contratempos e indisposições por assuntos não alinhados anteriormente.

Não acompanhar resultados e nem buscar melhorias

Para além de um documento escrito, garanta que os pontos elencados no contrato sejam seguidos pelas empresas parceiras. Para isso, é importante estabelecer processos que evidenciem como se dará a atuação conjunta. Porém, apenas definir isso pode não ser o suficiente.

Lembre-se sempre de acompanhar de forma recorrente os resultados das atividades. Essa é uma forma de identificar gargalos e pontos de melhoria que possam estar impactando negativamente sejam as empresas, sejam os clientes. Feito isso, não tenha medo de propor mudanças!

Como escolher o melhor parceiro comercial para sua empresa

Conhecidos os erros mais comuns ao fechar parcerias comerciais, veja a seguir algumas dicas sobre como escolher o melhor parceiro para a sua empresa.

Elenque possíveis empresas candidatas a parceiras

Falamos neste post sobre o quão comum é deixar de estudar as possibilidades de mercado para parcerias. Apesar de comum, trata-se de um erro grave. Fuja dele e elenque quais seriam as empresas ideais para fechar o acordo. 

Aproveite para identificar as marcas, os produtos ou serviços que oferecem e entender de que forma podem contribuir para melhorar seu atendimento ao cliente, suas atividades internas e seus resultados. Atente para o fato de que ela pode pertencer a um segmento semelhante ou totalmente diferente do seu, contanto que contribua para otimizar os processos e alcançar os objetivos propostos.

Pesquise e conheça sobre história, cultura e crescimento da empresa

Feita a elencagem de possíveis parceiros comerciais, pesquise sobre a empresa, entendendo mais sobre sua história, a cultura organizacional e como tem crescido nos últimos anos.

Não se esqueça também de buscar informações sobre a reputação que ela tem no mercado, seja perante outras organizações, seja frente aos clientes. Entenda ainda sobre a confiabilidade, observando se trabalha com soluções e ferramentas oficiais.

Busque por programas de parcerias comerciais

Um grande incentivador nesses casos são os programas de parcerias comerciais. Empresas que contam com esse tipo de estruturação tendem a oferecer melhores e mais bem estabelecidos benefícios para seus parceiros, já que estão acostumadas a fazerem esse tipo de acordo.

Identificada a existência do programa, é chegada a hora de buscar o contato com a organização, seja por meio de contatos ou pelo próprio site, que possivelmente terá um indicativo e página direcionadas especificamente para esse objetivo.

Como pudemos ver, parcerias comerciais são importantes estratégias, capazes de contribuir para o crescimento das empresas. Entre suas vantagens, estão produtos e serviços mais robustos, diminuição de custos e maior retenção e fidelização de clientes.

Mas, para que sejam feitas de maneira adequada, é preciso tomar alguns cuidados e atentar para a escolha do parceiro ideal. Dessa forma, será possível que, juntas, ambas as partes colham os frutos do acordo.

Conforme mencionado, empresas que têm programas de parcerias estão um passo à frente de outras. Então, não deixe de conhecer o Zenvia Partners, programa da Zenvia que ajuda sua empresa a se desenvolver, entregando ainda mais valor para seus clientes.

Escrito por

Marcela Melo

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.