blog-herobg.jpg

BLOGZENVIA

Confira nossas dicas e conteúdos
sobre mercado digital
iStock-820874560

O que os chatbots podem fazer pelas marcas?

Os consumidores estão se tornando cada vez mais ativos. Eles se comunicam entre si e com as marcas por meio de chats e aplicativos de mensagens. Por isso, as empresas precisam acompanhar esse ritmo e facilitar essa interação.

O que as pessoas esperam das marcas hoje?

Com a facilidade de se comunicar, de enviar mensagens e de interagir, hoje os consumidores desejam que as empresas também tenham um sistema de comunicação sólido.


O consumidor está cada vez mais curioso e impaciente. Com os mais recentes dispositivos móveis, o usuário pode encontrar informações, produtos, pesquisas, comentários e tudo aquilo que deseja, quando e onde quiser.


É por isso que os profissionais de marketing devem focar nas oportunidades para criar uma possibilidade de comunicação útil e relevante no dia a dia das pessoas. A partir disso surge um conceito chamado de Era da Assistência.


Nesse report, Allan Thygesen, presidente das Américas do Google, diz que a “Era da Assistência é o novo campo de batalha para o crescimento das marcas”. Dessa forma, as empresas que conseguirem se destacar com uma comunicação assertiva tendem a alcançar os melhores resultados.


O objetivo das empresas deve ser crescer ajudando o consumidor. Não basta apenas comprar um produto ou adquirir um serviço. Hoje, os clientes esperam que as marcas os ajudem de alguma maneira.

Chatbots dão voz às marcas e criam uma identidade além do visual

Para muita gente, os chatbots estão relacionados somente ao processo de atendimento. No entanto, a coisa vai muito além disso: os bots podem transformar a maneira como as empresas interagem com o público, dando voz e personalidade à marca.


No universo conversacional, a identidade de uma marca e o desenvolvimento de um branding vai além dos materiais gráficos, das cores e tipografias. Isso quer dizer que no momento em que o público começa a interagir com a empresa, a linguagem verbal passa a construir uma identidade maior perante os usuários.

Ajudam a marca a estar onde o consumidor está

Aplicativos de conversas como WhatsApp e Facebook Messenger, por exemplo, são usados inúmeras vezes por dia. E as marcas podem e devem aproveitar essa oportunidade para estar onde os consumidores estão. Esse tipo de interação é muito rentável e ajuda a identificar oportunidades de novos negócios.


Esse foi o caso de um dos nossos parceiros: a empresa Gonçalves Advocacia conseguiu aumentar em 185% o número de clientes adotando um chatbot para qualificação de leads no Messenger do Facebook. Para saber mais sobre chatbot nessa fanpage, acesse o nosso post sobre Facebook Chatbot.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.

New Call-to-action

POSTS MAIS LIDOS