Entenda o que é RCS e como vai revolucionar o mercado

Saiba o que é o RCS, como ativá-lo, as novas possibilidades e métricas desse padrão de comunicação e o que dizem os dados de mercado.

Um novo padrão de comunicação, o RCS (Rich Communication Services), chegou ao mercado trazendo novas possibilidades para os mais variados segmentos. O RCS facilita e oferece mais recursos para enviar informações por meio de mensagens, tornando a experiência mais personalizada e interativa. 

Para manter sua empresa competitiva e conectada com seus consumidores, é fundamental compreender o que é RCS e quais os diferenciais desse novo tipo de comunicação mobile. No post de hoje, falamos sobre como o RCS revolucionará a experiência dos clientes, além dos recursos que oferece. Conheça os benefícios desse novo padrão e como utilizá-lo. 

Sumário:

O que é RCS?

A tradução de Rich Communications Service (RCS) — Serviço de Comunicações Ricas — indica bem a proposta do novo padrão de mensagens. Ou seja, o objetivo é ajudar pessoas e empresas na troca de qualquer informação por celular, independentemente da operadora, país ou aplicativos instalados no aparelho.

Criado pela Associação Mundial das Operadoras Móveis (GSMA), e patrocinado e desenvolvido pelo Google, o RCS permite enviar textos, imagens, GIFs, vídeos, arquivos, áudios, botões interativos e até carrosséis de produtos para uma pessoa ou grupo de usuários.

A grande vantagem é permitir que qualquer pessoa com um smartphone se comunique sem precisar instalar aplicativos. Também se diferencia das aplicações de troca de mensagens por oferecer uma Interface de Programação de Aplicativos (API) aberta e gratuita, o que permite a integração com chatbots, sistemas de atendimento ao cliente, entre outros softwares.

Como ativar o RCS nos aparelhos celulares

Para que o usuário consiga ler o novo protocolo, basta ter o aplicativo de mensagens do Android, o mesmo que faz a leitura de SMS. Se o app estiver atualizado, com a versão correta do sistema operacional, o usuário já poderá receber esse novo tipo de conteúdo.

É importante ressaltar que a ativação da nova função não interfere ou impede o recebimento das comunicações por SMS. É apenas a ativação do novo recurso de mensagens, o RCS. Em muitos casos, o processo é mais simples, pois a função já está sendo divulgada pela própria Samsung, por exemplo, fazendo com que seja mais fácil ativá-lo, bastando adicionar o número do celular e confirmar. No entanto, caso a mensagem tenha sido rejeitada ou não tenha sido recebida, há um passo a passo para ativar o RCS.

Aqui, reunimos tutoriais disponibilizados sobre a ativação do RCS:

Como ativar mensagens de bate-papo RCS em celulares Samsung
How to enable RCS messaging on your phone

Caso não encontre o tutorial para o seu aparelho ou tenha um passo a passo diferente para compartilhar, deixe um comentário no post que iremos incluí-lo aqui. 

Novas possibilidades de métricas e ações

Um outro aspecto que agrega mais possibilidades para as campanhas são o acréscimo de métricas que podem ser acompanhadas e, consequentemente, otimizadas. Anteriormente, com SMS, as empresas já se acostumaram a mensurar e estar atentas para a confirmação de entrega. Agora, com o RCS, há mais métricas que permitem acompanhar o sucesso das ações e realizar correções de rota quando necessário. São elas:

  • confirmação da leitura;
  • mensuração do número de cliques.

Dessa forma, é possível saber quem clicou e quem respondeu. Além disso, outro ponto positivo é que o RCS acaba oferecendo mais opções em relação ao conteúdo, tanto no formato, como falamos anteriormente, como no próprio propósito das mensagens. Comparado com outros canais, o RCS não apresenta tantas restrições para, por exemplo, ações de marketing, remarketing, promoções, abandono de carrinho, entre outras. O remetente também tem a vantagem de certificar que está representando uma marca. 

Sendo assim, podemos dizer que o RCS acaba proporcionando uma experiência universal. Afinal, não é preciso realizar o download de nenhum novo aplicativo ou fazer uma inscrição em quaisquer outras ferramentas. O aplicativo que já vem embarcado no dispositivo é o suficiente para utilizá-lo. Entre as novas possibilidades de ação, se destacam:

  • marca verificada, com o nome e logo da empresa;
  • informação verificada do remetente; 
  • recursos de mídia, como imagens, vídeos e gifs;
  • compatível com QR Code;
  • confirmação de leitura;
  • sugestão de resposta customizável.

O RCS permite a construção de um fluxo de interativo, por meio de perguntas e botões customizados. Então, mais do que “SIM” ou “NAO”, dependendo do objetivo da comunicação, a empresa pode personalizar as respostas, tornando-as mais específicas e de acordo com a situação, como “Fui eu” e “Não fui eu”, por exemplo, guiando melhor o usuário durante a troca de mensagens. 

Também é possível construir bots com transbordo para atendimento humano ou bots com inteligência artificial, além de permitir que a comunicação ultrapasse a plataforma, como ao utilizar links. 

3 principais diferenciais do RCS

  1. Identificação dos participantes da conversa: com o RCS, a empresa poderá adicionar imagem, logo, cores e o nome da marca para facilitar a identificação de suas mensagens. Qualquer informação enviada pela organização será rapidamente reconhecida pelos receptores.

  2. Diversificação das informações trocadas: o RCS viabilizará mais possibilidades de comunicação, como o envio de arquivos, imagens, gifs, áudios, localização e outros formatos.

  3. Personalização das mensagens: o RCS poderá ser integrado com os bancos de dados dos sistemas da empresa, consultar informações anteriores e trazer mais valor para a conversa. 

O que dizem os dados de mercado

Segundo o Mobile Time, em 2020, o Brasil já possuía 25 milhões de smartphones preparados para realizar a troca de mensagens dentro do novo padrão de comunicação RCS. É o número que corresponde a quantidade dos aparelhos que possuem o Android Messages instalado e configurado para operar com essa tecnologia. Um estudo realizado pela Juniper Research prevê ainda que o número de usuários de RCS deve chegar a 3,9 bilhões em 2025. 

As perspectivas para o futuro do RCS são bastante promissoras, por isso, entender como funciona e quais são as possibilidades é tão importante para as empresas que querem promover uma comunicação simples, eficaz e inteligente com os seus clientes. 

Quer saber mais sobre Rich Communication Services? Acesse aqui nosso e-book “Tudo que você precisa saber sobre RCS”.

Escrito por

Janine Costa

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.