GUIA 2022: Como usar o Facebook Messenger Ads para converter mais

Por meio da publicidade, você recebe 15 vezes mais participação no Messenger. Confira tudo sobre o assunto em nosso guia!

O Messenger lidera o TOP dos aplicativos Android mais baixados e é o lar de 8.000 milhões de mensagens por mês entre usuários e empresas. E, embora seja obtida 15 vezes mais participação por meio de publicidade do que com anúncios padrão, apenas 5% dos anunciantes aproveitaram esse meio para automatizar as mensagens com seu público.


Você sabia que 1,3 bilhão de pessoas usam o Facebook Messenger mensalmente?

Parece tentador. Qualquer profissional de marketing gostaria de afundar o dente.

Ah! Mas quando algo parece bom demais.

As chances são de que o Messenger, como o pai no Facebook, esteja saturado de publicidade. Não?

Afinal, é o terceiro site mais visitado, depois do Google e do YouTube. E se falamos de aplicativos: o Messenger é o mais baixado, seguido pelo Facebook, WhatsApp e Instagram.

Vamos colocá-lo em um idioma que todos entendemos.

Segundo a Hootsuite, 80 milhões de pequenas e médias empresas têm uma página no Facebook e 78% dos consumidores dizem ter descoberto um produto graças à rede social de Mark Zuckerberg.

Mas apenas 31% das empresas usam o Facebook Messenger, um canal no qual 8 bilhões de mensagens são enviadas ao MÊS entre empresas e consumidores.

Sem mencionar os Anúncios do Facebook Messenger, a maneira mais fácil de conversar com seus clientes em potencial, manualmente ou através de um chatbot.

No passado, o Facebook Messenger era SOMENTE uma maneira de conversar com seus amigos ou manter contato com a família.

Isso mudou. O Facebook Messenger agora é uma das ferramentas on-line mais poderosas para aumentar a presença das marcas e a interação com os clientes.

Em números: uma pesquisa da Nielsen DEMONSTRAU que o Messenger é a segunda forma mais popular de comunicação entre os clientes ao interagir com uma empresa.

Sim, a primeira é o WhatsApp.

Ok, agora a pergunta de MILHÕES de dólares: como usar o Facebook Messenger Ads para impulsionar suas empresas?

Vamos vê-lo passo a passo, revisitando alguns tópicos ao longo do caminho.

Facebook para Empresas

Talvez seja óbvio dizer isso em meados de 2022, mas toda empresa precisa de uma página no Facebook.

Afinal: 41% das empresas B2B e 62% da B2C usam o Facebook para:

  • Obtenha usuários interessados ​​em seus produtos ou serviços.
  • Crie uma comunidade com a qual se conectar e se relacionar.
  • Promova ofertas comerciais que convertam seus usuários em leads.

Com isso, fica claro por que implementar o marketing conversacional e podemos avançar, não é mesmo?

Uma breve história do Facebook Messenger

Você se lembra do MSN?

Se sua resposta for positiva, dizemos que se passaram 20 anos desde que começou a operar.

E também seu sucessor: o Facebook Messenger, um aplicativo disponível para iOS, Android e Windows Phone, que permite aos usuários conversar com seus contatos.

Foi originalmente chamado de bate-papo do Facebook em 2008 e mais tarde foi renomeado quando um aplicativo diferente era necessário para iniciar o Messenger.

Em março de 2015, chegou o GOOD NEWS para todas as equipes de marketing: o Facebook permitiria que empresas e usuários interajam através do Messenger e, em 2016, introduziu uma API para desenvolvedores criarem chatbots.

E assim, no estilo Asimov, com seus robôs, chegou a era dos chatbots, em que o Messenger Ads começou a ser visto como um sonho tornado realidade.

Guia 2020: Facebook Messenger Ads

A maneira tradicional de publicidade nas redes sociais mudou.

Com o que estamos acostumados?

Vemos uma imagem com um produto ou serviço que nos vende algo de forma aspiracional. Uma imagem que diz “Este poderia ser você”, um texto que diz “É grátis” ou “você teria que pagar apenas uma taxa mensal mínima” ou “visite nosso site”.

E, na melhor das hipóteses, você terá uma campanha com uma CTR de 5%, ou seja, 10 das 200 pessoas que veem sua publicidade clicam nela e uma taxa de conversão de 10%, dentre as quais 10, pelo menos um comprará seu produto ou fará uma consulta sobre ele.

Como profissionais de marketing, é algo que vemos diariamente.

Mas e se investirmos um pouco? 

Agora imagine que você atrai esse cliente em potencial com produtos de qualidade, pergunta a eles quais são suas necessidades, que tipo de sapatos eles gostam, que cor, que faixa de preço eles estão dispostos a considerar e, em seguida, você oferece a eles uma promoção certeira.

Você não apenas aumentará todas as métricas mencionadas acima, como também provavelmente atingirá um alto grau de lealdade.

E é aí que o Facebook Messenger Ads entra em jogo.

Graças ao Facebook, você não apenas pode encontrar o seu público ideal, mas também pode simplificar toda a comunicação através de um botão abençoado chamado: “Enviar Mensagem”.

Casos de sucesso: Por que Messenger Ads?

De acordo com o Sprout Social, os anúncios do Facebook Messenger Ads obtêm 15 vezes mais engajamento que os anúncios padrão, atraem 73% de seus clientes (44% por telefone e 61% por e-mail) e ajudam a resolver problemas em menos de 42 segundos.

As estatísticas são cruciais na tomada de decisões, mas como as chegamos à vida real?

O espanhol Roberto Gamboa, especialista em Facebook Ads, lançou uma campanha de Messenger Ads, com apenas um anúncio, que gastou 67,5 euros em 4 meses e gerou a venda de 5 cursos de 500 euros cada + o fechamento de dois clientes de mentoria, um serviço que custa 2.995 euros.

Ele fez isso enviando tráfego para um link .

Sucesso parecido teve o Kayak, um mecanismo de pesquisa de viagens on-line, cujo chatbot do Messenger ajuda a pesquisar informações sobre voos, carros e atividades em centenas de sites de viagens, obteve sucesso semelhante.

Nem sequer é necessário sair do Facebook.

Outro exemplo é 1-800-Flowers. Embora seja dos Estados Unidos, destacamos por um motivo muito simples: foi elogiado por Mark Zuckerberg: “Eu nunca precisarei chamá-los para pedir flores novamente”, pois permite solicitar ou se comunicar com o atendimento ao cliente.

Interessante, não é?

Como criar uma campanha de anúncios do Facebook Messenger em 2022?

O Messenger Ads continuará sendo exibido no feed de notícias (e onde você configura), mas quando o usuário clicar, ele levará a uma conversa no Facebook MSN.

image-223

E eles podem ser ativados tanto em campanhas que segmentam tráfego e conversões de sites.

Como de costume, o Facebook solicitará que você confirme as informações correspondentes à moeda que você usará e ao fuso horário.

– As etapas fundamentais: escolha para onde direcionar o tráfego (país ou cidade) e qual será o seu público.

– Para converter o anúncio em um destino do Messenger, você deve configurar a campanha e, no nível do anúncio, em vez de colocar uma página de destino, selecione a opção abaixo que diz Messenger.

– E como você pode ver, no painel de configuração, você pode escolher entre texto, imagem e texto ou vídeo e selecionar entre algumas perguntas frequentes.

Estratégias para o anúncio do Messenger

  • Presentes para download

A venda mudou. Agora o primeiro passo é a ajudar. Portanto, é fundamental fidelizar nossos assinantes com conteúdo de interesse antes que eles possam ser convertidos.

  • Mensagens automáticas para usuários que comentam em postagens ou anúncios

Sim, são usuários claramente interessados ​​no seu conteúdo, porque já interagiram com ele antes e, portanto, sua taxa de conversão é maior.

É como pensar na renovação de uma campanha de marketing já feita.

A verdade é que você pode criar praticamente qualquer estratégia para esse cliente em potencial que ainda não deu o não.

Como medir os resultados com o Messenger Ads?

Bem. Somente anúncios podem ser criados para fins de tráfego ou conversão. Então, o que medimos?

O Facebook contará como uma conversão (sem a necessidade de instalar pixels na web), a abertura de bate-papos com sua empresa, mas isso não é uma venda para você, certo?

Portanto, você deve levar em consideração outras métricas:

  • Respostas às mensagens.
  • Novas conversas com mensagens.
  • Custo / respostas às mensagens.
  • Custo / nova conversa com mensagens.
  • Conversão posterior (você precisará acompanhá-la).

Técnica avançada: Reengajamento

Imagine que você já conversou com um cliente em potencial, demonstrou interesse em seu produto, preencheu um formulário, mas se arrependeu.

Bem, através do Facebook Messenger, você pode alcançá-los novamente.

O que você deve fazer é entrar no Ad Manager da sua página de negócios do Facebook, mas desta vez escolha como objetivo da campanha: Mensagens.

Importante: você não pode segmentar nenhum público. Quando estiver lá, será necessário “criar um público personalizado” com base nas interações na página de fãs.

E a partir desse ponto, você só precisa configurar que a mensagem tem texto, imagens e adicione os botões que lhe interessam.

De qualquer forma, se você tiver alguma dúvida sobre a configuração da campanha, há um Serviço de Ajuda do Facebook ou um bate-papo direto com um representante da rede social.

Eles respondem exclusivamente a perguntas relacionadas à campanha, mas há momentos em que eles podem até lhe dizer como enviar um arquivo pelo Messenger Ads.

MessengerAds: E se eu quiser ter uma conversa completa?

Os anúncios do Facebook Messenger têm uma taxa de abertura incrível. Com um orçamento modesto, você pode gerar mais de 100 bate-papos diários.

Isso tem sua contrapartida. Você se vê respondendo a bate-papos o dia todo?

Anteriormente, comentamos que, por padrão, você só pode configurar algumas perguntas frequentes e respostas automáticas, mas não muito mais.

Para quem deseja ir além, no nível do anúncio, existe uma guia chamada JSON (JavaScript Object Notation), que requer conhecimento avançado para modificar ou colar os códigos do Messenger.

Sirena, por sua vez, oferece uma integração exclusiva com o Chatbot.com, que permite responder a todos os seus clientes automaticamente, sem a necessidade de programação.

Mas a principal vantagem PRINCIPAL é a seguinte: embora seja verdade que o Facebook tenha 6 milhões de anúncios, existem apenas 300.000 chatbots. Isso é 5% do total. O nível de competição é muito menor do que nos canais mais populares, de acordo com a Hootsuite.

Você precisa desenvolver Marketing Conversacional

Uma pesquisa de Harvard indica que 24% das empresas demoram mais de 24 horas para responder e, pior ainda, 23% das empresas nem respondem pelo Facebook Messenger.

Surpreendentemente, quando Harvard perguntou à sua audiência, 45% dos entrevistados disseram que normalmente esperavam uma resposta instantânea.

E todo mundo merece uma pausa, tudo bem, mas e se eles escreverem para você em um domingo? Com o Sirena, você também tem esse problema resolvido, com as mensagens de boas-vindas e de ausência.

Junte-se ao mundo do marketing de conversação

O marketing de conversação, como o Messenger Ads, ainda é um mercado praticamente virgem.

Repetimos: há 8 milhões de mensagens entre usuários e empresas por mês, mas apenas 300.000 delas implementaram chatbots.

E sua empresa pode iniciar o processo de adaptação aos hábitos de seus clientes em potencial, que no momento podem iniciar conversas com sua empresa e passar mais de 24 horas sem uma resposta adequada.

Quer saber como você pode se adaptar ao marketing de conversação?

Sirena é uma ferramenta 100% conversacional integrada aos principais canais de marketing: WhatsApp, Facebook, E-mail, Telefone, Instagram, MailChimp, Hubspot e, é claro, Messenger.

Centralize todas as comunicações da sua empresa em uma ferramenta, um processo que reduz o tempo de vendas e permite o monitoramento de cada cliente para fornecer uma atenção ordenada e eficiente.

Escrito por

Nahuel Gomez

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.