[Partners] 5 exemplos de parcerias entre empresas de tecnologia

Empresas parceiras podem alcançar o sucesso mais rapidamente juntas. Confira neste post 5 exemplos de parcerias entre empresas de tecnologia.

Unir forças em prol de um objetivo comum é uma maneira de alcançá-lo mais rapidamente, com menor esforço e de forma ainda mais satisfatória, certo? No ambiente corporativo, essa máxima também é verdadeira. As parcerias são um bom exemplo disso.

Nesse sentido, é fundamental identificar a necessidade, as possibilidades e, é claro, escolher bons parceiros. E, para se inspirar, por que não conhecer 5 exemplos de parcerias entre empresas de tecnologia? Continue a leitura para entender melhor essa estratégia e conferir alguns casos de empresas que fecharam acordos visando o sucesso!

Parcerias em tecnologia: como acontecem

Empresas de tecnologia trabalham constantemente para desenvolver e aprimorar produtos e softwares que facilitem a vida das pessoas e de outras empresas também. Mesmo que cumpram esse objetivo, em alguns contextos, ainda é possível ir além e incrementar determinadas soluções para melhor atender os clientes.

No entanto, é importante considerar que, para isso, pode ser necessária determinada expertise a qual a empresa não tem total domínio ou não vê vantagens em tê-lo. Adquiri-lo pode levar tempo e custo que seriam minimizados com o fechamento de parcerias. Esse é, então, o principal fator motivador desse tipo de acordo.

Dessa forma, as parcerias podem envolver trocas a nível de serviços e de produtos, trazendo benefícios para os dois lados envolvidos. Tudo vai depender do tipo de parceria fechada e dos termos do contrato.

Mas como definir qual é o melhor modelo? A resposta é simples: tudo vai depender do objetivo buscado. Por isso, é essencial ter em mente qual gap precisa ser sanado e de que forma isso será feito. Em seguida, será possível entender se o acordo se dará em nível de serviço ou de integração de produtos, por exemplo.

É chegada, assim, a hora de definir qual será a outra empresa parceira capaz de suprir essas necessidades e que poderá crescer junto.

A escolha da empresa parceira

Existem alguns critérios que devem ser levados em consideração no momento de escolher a organização parceira de tecnologia. Entenda a seguir alguns deles.

Objetivos com a parceria

Como mencionamos, é preciso ter certeza dos objetivos que poderiam ser alcançados com a definição de uma parceria. Então, antes mesmo de sair buscando uma empresa, faça uma pesquisa interna e externa também. Busque compreender o que já existe no mercado, o é um gargalo na própria empresa que poderia ser sanado com a união e, o mais importante, como isso contribuiria para que seus clientes tenham uma melhor experiência.

Produtos, serviços ou soluções de cada empresa

É preciso identificar soluções, produtos e/ou serviços complementares aos da sua empresa. Dessa forma, a partir do objetivo estabelecido acerca da parceria, pesquise opções de organizações que possam atender a essa necessidade.

Não deixe de considerar, inclusive, opções de segmentos de mercado que sejam distintos do seu, uma vez que pode estar ali uma oportunidade de agregar valor ao que você oferece para seus clientes.

Direitos, deveres e responsabilidades

Definidos objetivos e possíveis empresas parceiras, é preciso estabelecer qual será o papel de cada uma. Nesses casos, é indicado implementar um contrato que explicite os direitos, os deveres, as responsabilidades, os custos e os ganhos de cada lado para garantir que ambas as partes desfrutem dos benefícios de atuarem em conjunto.

Mas não se engane: é importante retornar a esse documento de tempos em tempos. É sempre bom atentar para o funcionamento do trabalho em conjunto, para caso encontre pontos que podem ser melhorados.

5 exemplos de parcerias entre empresas de tecnologia

O tema parcerias pode parecer abstrato para algumas pessoas. Por isso, inspirar-se em acordos bem-sucedidos pode ser o pontapé inicial para ir em busca de uma. Confira abaixo 5 exemplos de parcerias entre empresas de tecnologia.

1. Microsoft e Samsung + startups

Uma armadilha na qual algumas empresas de tecnologia com mais tempo de existência podem cair é a estagnação em termos de inovação. É para fugir disso que algumas delas buscam nas parcerias uma forma de se reinventarem e de reaquecerem o mercado.

Esse é o caso da Microsoft e da Samsung, exemplos de parcerias entre empresas que viram nas startups a oportunidade de fechar esses acordos para promover a educação tecnológica no Brasil. O objetivo é capacitar crianças e jovens, além de fornecer softwares para escolas, incentivando o uso da tecnologia.

2. Intel e Positivo

A parceria entre Intel e Positivo teve como foco o desenvolvimento de uma nova linha de notebooks híbridos: o Positivo Duo. Assim, a união de expertises permitiu que fosse criado um produto com bom custo-benefício, contando com o processador Intel em sua composição.

3. Totvs e Escriba

Especializada em softwares de gestão, a Totvs fechou uma parceria com a Escriba, detentora de software direcionado a cartórios. Na parceria, cada empresa atende os clientes da outra com sua solução, possibilitando atendê-los em diversas frentes, cada qual com sua autonomia mantida.

4. Zenvia e RD Station

A empresa do tipo CPaaS, Zenvia, e a RD Station, software de Customer Relationship Management (CRM), firmaram uma parceria do tipo integração. Nela, a solução de voz da primeira foi integrada ao sistema da segunda de forma que os clientes pudessem usar o telefone virtual diretamente no CRM. Com o acordo, o benefício é mútuo: Zenvia ganha em alcance, enquanto a RD Station oferece serviço ainda mais completo para sua base de clientes.

5. Zenvia + agências de marketing e consultorias de tecnologia

A Zenvia também realiza parcerias com agências e implantadores de softwares. O objetivo é contar com eles para revender pacotes de SMS e notificações de WhatsApp, além de tê-los como a camada de serviço fundamental para desenvolvimento e implantação de projetos envolvendo inteligência artificial e automatização de atendimento.

Independentemente do tamanho das empresas envolvidas em uma parceria, o trabalho conjunto é capaz de trazer ótimos resultados para ambos os lados — ou até mesmo para a sociedade como um todo.

Para fechar parcerias de sucesso, atente para as dicas dadas neste post e use como referência os exemplos de parcerias entre empresas de tecnologia mencionados. Essas informações podem ajudar a ter insights para estruturar essa união.

Por falar em sucesso, aproveite para conferir como um hub de tecnologia parceiro da Zenvia conseguiu triplicar o faturamento em apenas sete meses como Zenvia Partner

Categorias:
Escrito por

Marcela Melo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.