O que é preciso para criar um chatbot? Descubra como pode ser fácil!

Criar um chatbot pode ser uma tarefa extremamente complexa… Por exemplo, você pode escolher construir sua própria plataforma conversacional e, para isso, precisará de desenvolvedor, infraestrutura de TI, gastar tempo para escrever os códigos, criar uma interface amigável, entre outros passos.

Por outro lado, você pode contratar uma plataforma já pronta e se concentrar apenas na utilização e otimização do chatbot. A plataforma Zenvia, por exemplo, permite autonomia total na criação e publicação do seu chatbot, com uma configuração rápida e fácil e baixo custo para sua utilização.

Abaixo, você encontrará os passos necessários para usar um chatbot ainda hoje e descobrirá como é simples usar essa tecnologia. Confira!

Cadastre-se na plataforma

O primeiro passo é ter acesso a uma plataforma de comunicação. A vantagem em utilizá-la é que você não precisará se preocupar com aspectos técnicos, de infraestrutura ou com requisitos tecnológicos para executar seu sistema conversacional.

A plataforma da Zenvia, por exemplo, permite que você acesse, configure, use e veja os relatórios de performance do seu chatbot, pedindo pouquíssimos dados (nome, empresa, e-mail e senha).

Além disso, possibilita que você experimente a maioria dos recursos por 30 dias, sem nenhum custo. Depois desse período, há a opção de pagar uma mensalidade, que ainda é bem inferior ao custo de manutenção de uma tecnologia desenvolvida e mantida por sua própria empresa.

Defina qual será a especialidade do seu chatbot

Seu chatbot será responsável por qual atividade? Assim como os seres humanos, os sistemas conversacionais são mais bem aproveitados quando executam uma atividade em que podem se aperfeiçoar e se especializar.

Ou seja, você poderá ter vários chatbots, mas procure criar cada um voltado para uma atividade específica. Por exemplo, seu assistente poderá ajudar as pessoas a obterem informações sobre eventos ou a responder perguntas frequentes de forma dinâmica, fazer qualificação de leads ou ser um chatbot para atendimento.

O ideal é não misturar essas funções em um primeiro momento.

Estabeleça o canal de comunicação

Como o seu chatbot será usado? Ele contatará as pessoas via SMS, será acionado no Facebook, ficará somente no site da sua empresa ou reunirá todas essas possibilidades?

 Aqui, é importante avaliar o comportamento do seu cliente e, com base nele, escolher os canais de interação. Contudo, é importante perceber que a plataforma já dá a possibilidade de interação do seu assistente usando qualquer um desses meios de comunicação.

Crie uma persona para seu chatbot

A persona é a identidade do robô conversacional. Por isso, ao criar um chatbot defina um avatar, um nome e o tipo de linguagem que ele usará. Procure manter esse padrão sempre que um chatbot daquela área for acionado.

Também pense em como seu assistente saudará a pessoa na primeira interação e indicará qual é a sua especialidade.

Por exemplo, ele pode se apresentar e, logo em seguida, fazer uma pergunta com duas ou mais possibilidades de respostas para direcionar o diálogo; também pode oferecer um carrossel com imagens e possíveis respostas; ou pode enviar alguns botões para o usuário clicar e continuar a conversa.

Estruture o diálogo

Com apenas quatro passos você realizará a configuração inicial do seu chatbot e isso deve demorar menos de 10 minutos para ser concluído. Agora é hora de criar o diálogo e as possibilidades de interação.

A Plataforma de Comunicação Zenvia já oferece modelos prontos para serem adaptados e usados por sua empresa. Contudo, ainda que você decida começar do zero, o trabalho não levará muito tempo, porque cada etapa da conversa é configurada de maneira simples e bastante visual.

Por exemplo, você determina um passo de interação que pode ser o envio de uma mensagem no chat ou o recebimento de uma mensagem. Em seguida, cria o texto de apresentação do bot. Depois, indica a ação que o usuário deve tomar e confirma se aquela é uma decisão válida.

A plataforma de criação do diálogo é bastante simples de ser compreendida, oferece a opção de a conversa ser testada a qualquer momento e, quando você estiver satisfeito com o trabalho, poderá publicar o chatbot sem maiores complicações.

Ou seja, nessa etapa o que contará muito será a sua criatividade para pensar as principais possibilidades de interações entre o chatbot e seus usuários.

Publique o chatbot

Na etapa de publicação do assistente a tarefa de criar o chatbot estará concluída. Contudo, ele só será acessível ao público após ser integrado ao Facebook, site da empresa ou ter o disparo via SMS agendado.

Para conectar com o Facebook basta concluir o diálogo, clicar em publicar e seguir os passos para integrar. Os passos são bem simples de serem executados e são descritos em detalhes a cada etapa.

Já a integração com o site, depende da inserção de um código no HTML da página. Isso pode exigir que você envolva o administrador do site. Contudo, o processo é bastante semelhante à inserção de um código de ferramenta de análise de tráfego, como o Google Analytics. Logo, o administrador saberá como fazer e usará minutos, não dias, para publicar.

Analise os resultados

Outra grande vantagem em usar uma plataforma já pronta está na possibilidade de consultar relatórios pré-configurados.

Na Plataforma de Comunicação Zenvia você saberá rapidamente quantas conversas foram iniciadas e conduzidas pelo chatbot; quantos diálogos foram estabelecidos por dia; a quantidade de interações por etapa do fluxo de conversa; entre outros dados.

Essas informações serão essenciais para otimizar os diálogos, criando alternativas de interação, eliminando etapas desnecessárias e aumentando o engajamento e a expertise do chatbot com o público.

Como visto, criar um chatbot é extremamente simples, basta acessar uma boa plataforma, definir uma personalidade para o assistente e ter uma ideia inicial de diálogo para começar o processo. Também é possível usar interações já prontas e, com poucas edições, disparar uma pesquisa de satisfação, lançar uma promoção ou um chatbot para aumentar as vendas.

Agora que você já sabe como é simples, fácil e rápido criar um chatbot, que tal colocar a mão na massa e começar a usar e criar hoje mesmo seu assistente conversacional? Inscreva-se agora mesmo na Plataforma de Comunicação Zenvia e comece a aproveitar seus benefícios!

Escrito por

Zenvia

Fique por dentro e confira as nossas dicas sobre o mercado mobile e interação digital.